JBarbearia

quinta-feira, fevereiro 7

MEIA PEDRA MEIO TIJOLO

Aluizio Lacerda
A arte de escrever exige da gente habilidades que não iniba, nem sacrifique o interesse do nosso leitor. 
Por isto procuro fazer uma miscigenação de palavras, que não me leve a ser considerado um escrevinhador prolíxo ou coloquial demais. 
O certo é que a informação estando cristalinamente verdadeira, isenta de sermos acusados de determinados preciosismos ou sensacionalismos inconsequentes. 
A boa leitura torna-se hábito prazeiroso e nos leva a manter uma boa plat´peia de visitantes, que diariamente acessam nossa página comunicativa.  Procuro ser meia pedra, meio tijolo: contando que alcance a  percepção de quem está do outro lado, usando suas ferramentas para acolher o que escrevemos. 
A cada santo dia, me esforço para aprimorar minha escrita com obrigação moral no exercício deste ofício. 
Finalmente quando mandamos qualquer contraponto para divulgação ou publicidade no universo cósmico da internet, estamos nos comunicando com um mundo globalizado, repleto de intelectuais e analfabetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário