sábado, maio 28

SAEL MELO E MANGUS NASCIMENTO A CHAPA DA MUDANÇA DE GESTÃO EM PORTO DO MANGUE

Depois de ter seus nomes referendado pelas consultas internas no bloco de oposição em Porto do Mangue, Sael Melo ( PHS) e Magnus Nascimento tiveram seus nomes anunciados como pré candidato a prefeito e vice nesta tarde inicio de noite na cidade litorânea para o confronto das urnas com a candidatura do governismo municipal.
O deputado Sousa Neto do PHS teve participação fundamental na construção desta aliança com o PR do deputado George Soares, estando ambos no evento chancelando a consolidação desta chapa, que conduzirá a mudança administrativa que a população portomanguense está clamando nas ruas.
Muitas lideranças locais e de municípios circunvizinhos prestigiaram o pré lançamento desta opção encabeçada por Sael e Magnus.
O plenário do Palácio Cicero Tomaz de Andrade superlotada de apoiadores deste segmento politico, esbanjavam euforia com palmas e vivas toda fez que o cerimonialista mencionava o nome de Sael, deputado Sousa, Magnus Nascimento e George Soares.
Magnus Nascimento num discurso breve falou da sua emoção e da honra ded está compondo esta chapa com o compromisso de fazer juntamente com Sael uma administração mais profícua para o desenvolvimento coletivo da cidade.
O deputado Sousa enfatizou a forma democrática que fora construída a chapa Sael Melo e Magnus Nascimento, tendo sido criteriosamente discutida com os demais postulantes do bloco opositor e obedecendo ao requisito da vontade popular auferida pelas consultas a opinião pública, através das pesquisas de consumo para conhecimento da realidade e da preferência do eleitorado. Lembrou ainda da contribuição do seu mandato com Porto do Mangue tendo agilizado a licença do Idema e entregue ao prefeito do municipio para a implantação do saneamento básico, alem de de outros pleitos para beneficiar os assentados rurais a pedido do vereador Joãozinho do PHS.
O deputado George Soares confirmou em seu pronunciamento o que dissera o colega parlamentar em relação ao fechamento da chapa apresentada. Disse, convocando o deputado Sousa para agendarem imediatamente uma audiência com o governador em exercício, para providenciar melhorias nas BR 404 ligando Carnaubais a Porto do Mangue e a estrada do camarão que dá acesso ao municipio de Pendências. Fez uma recordação histórica, citando o nome do seu pai ex-deputado Ronaldo Soares como autor do projeto de emancipação do municipio.
Sael Melo usou a tribuna com uma retórica simplificada, sem promessas bombásticas, nem mirabolantes, mas, efetivamente comprometido com o desenvolvimento da cidade e do bem estar coletivo.
Confira outras imagens da participação popular da plenária do PHS:

O pré lançamento da chapa de oposição em Porto do Mangue pelo o entusiasmo das galera que participou do evento vai começar a tirar o sono do bloco governista municipal. PHS, PR, PP E PRB estavam de mãos dados fazendo parte desta aliança em defesa dos nomes de Sael Melo e Magnus Nascimento.



PAU NO LOMBO

Meu falecido pai era um homem de pouca noção escolar, porém, portador de uma profunda inteligência, gostava de reverberar pensamentos da sabedoria popular com maestria. 
Sempre me disse, nós  só valemos alguma coisa para o politico, quando estamos na defesa dos seus interesses.  
Fora disso somos objetos de uso descartável. 
Suas colocações eram muito diversificadas, quando você escutar um orador na tribuna muito afobado, usando discurso atrevido, ele tá botando pra fora o pressentimento da sua derrota. Está antecipando-se aos fatos. 
Neste ângulo venho observando que Luizruim, vem fazendo escola em destratar todos que já lhe serviram. 
Com relação a minha pessoa, nem me incomodo  mais: fazemos a guerra de balas trocadas, doa em quem doer.
Todavia o desespero da perda do poder, tá levando Luizruim a loucura, pior ainda sua insanidade aumenta em saber que vai dançar na corda bamba sem eleger seu candidato. 
Sua metralhadora verbal vem atacando ex- aliados por escala. 
De ontem para hoje, deu pau no lombo dos antigos companheiros: Batista de Dioclécio é um vereador atrasado, ultrapassado fora de linha na concepção do ex-gestor.
O prefeito Benefraco foi acusado de ter inaugurado um comitê chamado de lava Jato, antes havia chamado o primo de desonesto e traidor.
Na sequência quem recebeu uma c acetada frontal foi o vereador Wanderley Mendes, foi taxado de sangue sunga, parasita, igual uma ameba, ganhando dinheiro do serviço público sem trabalhar. 
Ora bolas, macaco não olha para o rabo, qual é tua profissão Luizruim?
Vender boiada aos políticos do estado, receber proventos da assembléia legislativa, sem prestar o devido trabalho parlamentar, arranjado prestigio as custas do nosso voto.
 Mostra tua cara Luizruim, deixa de atacar quem já levou muita fartura pra tua mesa. 
Moral da história, se Wanderley que caiu na ingenuidade como "eu e outros" que passaram acreditar  neste caudilho explorador, tivesse continuado rezando na sua cartilha, seria o vereador mais capacitado da legislatura atual.
Ainda bem que nosso povo tem senso crítico, para saber se livrar das pedradas dirigidas a esmo por este ficha suja... 2 de outubro vem aí pra acabar com tua goga!

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Ouvindo hoje o sala de redação do apresentador Lucílio Filho, ficamos sem entender o recuo ou freada brusca desta que canta pneus na pista, quando o condutor do veículo passa por algum problema de dificuldades no roteiro que vem desenvolvendo sua velocidade. 
Quando o deputado George Soares, anunciou o nome do seu candidato a prefeito de Assu, opção direcionada para o irmão Dr.Gustavo, sem uso do sobrenome familiar. 
Lucilio Filho perguntou dr. Gustavo vai ser chamado de Gustavo Montenegro ou Soares?
O deputado sem pigarrear engatou um ré e respondeu: apenas dr. Gustavo. 
Diante do peso tradicional desta oligarquia que manobrou os destinos de Assú em várias fases da sua história politica, daqui fazemos nossa indagação: O que envergonha mais ao pré candidato, o uso do DNA materno ou paterno? Quem pergunta quer saber! 
Nisto Patricio Júnior tem um sobrenome mais leve, com cara de povão, seu referencial familiar é de um homem simples, trabalhador que venceu na vida com dignidade e muito suor derramado no corpo pelo trabalho para bem sobreviver. 
Refiro-me ao amigo Zé Patricio, pai do candidato indicado por Ivan Júnior.

O PAU TÁ QUEBRANDO NA RUA DO MEIO


Chico Mula Manca deu uma melhorada em seu perfil, usando óculos escuros para economizar colírio, me revelou que na rua do meio está o maior quebra pau. 
O episódio aponta para uma briga intestinal entre um dos coordenadores da administração Benefraco com um dos seus secretários.
Chico Mula Manca está averiguando o arranca rabo entre os dois cupinchas do poder municipal, para fazer a citação dos auxiliares que estão em queda de braço.

Descaso e abandono em Carnaubais faz o homem do campo e seu rebanho sofrer.

Carnaubais é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte localizado na microrregião do Vale do Açu. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano 2010 sua população era estimada em 9.775 habitantes. Área territorial de 530 km². Uma área territorial considerada pequena em comparação a alguns de seus vizinhos.
Sendo um município pequeno torna-se também uma administração menos preocupante mesmo sendo do conhecimento de todos que os pequenos municípios brasileiros vêm enfrento sérios problemas financeiros, alguns com folha de pagamento atrasada e diversos outros setores defeituosos e inoperantes.
Em Carnaubais o homem do campo vem sofrendo com a falta de água para o consumo humano e animal, as informações obtidas por assentados são que até o fechamento desta matéria os assentamentos Canto Comprido com 100 famílias, Morada do Sol com 15 famílias, Vassoura com 26 famílias, Cavaco com 15 famílias, totalizando 156 famílias apenas do município de Carnaubais estão com seus animais literalmente morrendo de sede, os assentados estão passando sérios problemas com a falta de água. Plantas já morreram, e ninguém sabe até quando vão aguentar com essa situação.
Supondo que cada casa dentre as 156 família tenha 3 pessoas, somam-se 468 pessoas pagando o que não deve, as famílias eram abastecidas pelos poços do BAM no qual foi perfurado em parceria com PETROBAS, após o longo período de uso naturalmente a bomba d’água quebrou e até o momento nada foi feito. Apesar dos Assentamentos serem do INCRA os mesmos não podemos mais esperar por inoperância dos responsáveis.
Uma administração deve ter a consciência que o seu papel é servir, cuidador do patrimônio do povo e zelador da comunidade.
De acordo com a FETARN (Federação dos Trabalhadores do Rio Grande do Norte) já foi feito reuniões com Excelentíssimo senhor Prefeito de Carnaubais, Junior Benevides (PMDB) que alegou não poder realizar o conserto do poço e tudo indica que sua intenção é repassar os deveres e direitos do poço com a CAERN.
Já o INCRA informou que foi repassado 60 mil reais para amenizar a situação, mas até agora tudo continua da mesma forma. 
Os poucos carros pipas que estão levando água não da para o consumo humano e os assentados não tem de onde tirar mais água, deixando os mesmos ao Deus-dará.  Até parece coisa de outro mundo, mas tudo seria resolvido com o reparo da bamba que puxa a água, e tudo voltaria ao normal, e agora a quem essas mais de 460 pessoas vão pedir socorro?
Noticias RN

ANIVERSARIANTE DO DIA

Cumprimentamos com mensagem de parabéns nossa conterrânea Izabelly Macedo, residindo em Natal, vivendo idade nova neste sábado. Aqui de Carnaubais seus familiares enviam felicitações. 
Os primos Maria Izabel e Pedro Victor, mandam um forte abraço para Yasmim, dizendo que estão com saudades.

Deputado Souza marca audiência publica para discutir situação dos moradores do Morro Pintado e São Cristovão


 Anarina, Sandro, Souza, Djalma, Cristiano e Clayton

 Perboyre e Betinho do solidariedade participaram da reunião
Vereador Sandro esta empenhado na luta 

O Deputado Souza Neto visitou as comunidades de Morro Pintado e São Cristovão para conversar com os moradores que estão  sob  ameaça de perder seus imóveis e terras  para a FACENE,  a empresa quer desapropriar todos os moradores alegando serem os verdadeiros donos da área.. O deputado Souza e os vereadores Sandro Gois e Djalma Souza através da  assessoria jurídica  buscam  todos os caminhos jurídicos para que a população dessas  comunidades não sofram  prejuízo. No próximo dia 10 de Junho uma audiência pública reunirá políticos, padres, pastores, ministério público, judiciário e representantes das comunidades  para discutirem  uma solução para as famílias que são proprietária das terras a mais de 100 anos. Esta luta é nossa,  convoco  a todos vamos  vencer esta batalha concluiu Souza.

Fonte: Jailton Rodrigues

REINO DIVIDIDO, TRONO PERDIDO



A subtração de forças deste segmento que era majoritário e vencedor com o auxilio da máquina administrativa, fará o óbvio que todos percebem sem precisar de luneta para focar o grande fosso politico que se envolveram Cavalcantes e Benevides. Se Unidos eram fortes, divididos, por mais que lutem e esperneiem, irão passar o cetro do poder, para quem representa a esperança de mudança para Carnaubais. 
Dinarte Diniz e Thiago Meira neles, será um purgante ácido nas pretensões destes dominadores e um bom elixir de revigoramento aos que corajosamente, vem lutando ao lado do democrata.
A grande batalha está sendo travada entre Benevides e Cavalcante, polarizando seus ataques, para saber quem será o segundo lugar e ficar com a bola de prata ou de bronze deste campeonato.
Reino divido é a certeza absoluta de trono perdido.
Neste diapasão de entendimento em 2 de outubro as forças populares, representada pelas pré candidaturas de Dinarte Diniz e Thiago Meira, sairão das urnas consagradas para assumir o pódio do poder em janeiro de 2017.


A CONTA DE CHEGADA

Contra fatos se dispensa argumentos, todavia, conhecendo bem cada palmo deste chão, quando se tirar desta imagem a legião de contratados, a participação do povo dá para se contar nos dedos. O servidor comissionado sempre foi massa de manobra de quem o nomeia, assim sendo, 25% deste contingente, fica defendendo seu salário no calado, se obrigando a marcar presença com medo de retaliação do ordenador de pagamento.
Porém a sutileza da  inteligência humana sabe construir pontes da travessia para se vingar de quem lhe oprime. 
Muitos vão fazer o pula pula na hora da onça beber água, depositando na urna, sem pressão de ninguém o voto á quem merecer sua confiança ou apresente sinais de favoritismo na reta final de campanha.

ESTE TIME VESTE A CAMISA DA MUDANÇA

A vida nos oferece oportunidades diversas de reflexões analíticas de uma realidade em todos os setores da sociedade.
Assim como a economia foi consolidada pelo os ciclos de avanços e recuos de suas atividades produtoras, a politica tem também suas fases de transformação. 
Carnaubais que já conhece o jeito de governar dos que vestiram a camisa verde e vermelha, tende agora a mudar de cores elegendo a camisa amarela, simbolo da fartura e do desenvolvimento que o municipio tanto almeja.
 Dinarte Diniz e Thiago Meira com este leque de postulações legislativas, passam a ser a grande esperança de mudança para o bem comum de Carnaubais.
Quem desejar sair da mesmice administrativa, oferecendo oportunidade de uma diferente gestão pública, venha somar-se a este bloco partidário e assim construir a grande vitória da redenção popular.

VEREADOR BATISTA DE DIOCLÉCIO É TAXADO DE ATRASADO E ULTRAPASSADO POR SEU EX-GURU LUIZRUIM


 O mandão da prefeitura Gilmário Benevides, fará de tudo para ver a derrota do atrasado e ultrapassado vereador Batista de Dioclécio, assim afirma.
Esta afirmativa escrachando a imagem do vereador Batista de Dioclécio, está inserida no blog do ex-prefeito, revoltado com a perda do poder e do abandono que recebeu do filho do ex-vereador Dioclécio.
Esquece Luizruim que o vereador Batista já foi jumento de carga das suas proprias vontade, pagando agora o preço de não rezar mais na sua cartilha com esta adjetivação desqualificativa, simplesmente por ter ido para o lado de quem assina cheque e oferece vantagens.
Na verdade Batista trocou 6 por meia dúzia, se Benefraco é ingrato por lhe tirar apoios para Josenildo, reduzindo a capacidade de eleição da filha do vereador, tendo que pagar alto pela perda da grande oportunidade de dá um salto de qualidade. 
Luizruim ao afirmar isto contra Batista deu exemplo de burro coiceiro, dando uma tremenda patada no vereador que tanto lhe serviu.

Ex-deputado Pedro Correa afirma que Henrique Alves ficava “com parte de tudo que era arrecadado para o PMDB”


Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Surgem novas denúncias contra o ex-deputado federal Henrique Alves, hoje ministro do Turismo, recebia parte de tudo que era arrecadado para o PMDB. As informações surgiram com a delação premiada do ex-deputado Pedro Correa.
Segundo ele, o político potiguar foi beneficiado diretamente. Veja reportagem publicada no G1:
Pedro Corrêa, político condenado no Mensalão e também preso pela Lava Jato, fez uma Delação Premiada, na qual cita como corruptos vários deputados, senadores, ministros, ex-ministros e, pelo menos, um governador.  Corrêa afirma também que o ex-presidente Lula articulava o esquema de corrupção na Petrobras.
Ele cumpre pena em regime semiaberto pela condenação no Mensalão do PT quando foi novamente preso em abril do ano passado por envolvimento na Operação Lava Jato. A reincidência de Corrêa em esquemas de corrupção e a prisão levaram o ex-deputado federal pelo Partido Progressista a assinar com o Ministério Público Federal um acordo de Delação Premiada. Os detalhes estão na edição deste fim de semana da Revista Veja.
De acordo com a revista, Pedro Corrêa deu detalhes da primeira vez que embolsou propina por contratos no extinto INAMPS, ainda na década de 70. E admitiu, segundo a Veja, ter recebido dinheiro desviado de quase 20 órgãos do governo.
Na delação, Pedro Corrêa deixa claro que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabia do esquema de desvio de dinheiro dentro da Petrobras, De acordo com a Veja, o ex-deputado disse que Lula gerenciou pessoalmente o esquema de corrupção da Petrobras – da indicação dos diretores corruptos da estatal à divisão do dinheiro desviado entre os políticos e os partidos.
E descreve situações em que Lula tratou com caciques do PP sobre a distribuição de propina em contratos na diretoria de abastecimento da Petrobras, comandada porPaulo Roberto Costa, que Lula de chamava de Paulinho.

Correa contou que parlamentares do PP se rebelaram contra o avanço do PMDB nos contratos da diretoria. Um grupo foi ao Palácio do Planalto reclamar com Lula da “invasão”. De acordo com Pedro Corrêa, Lula passou uma descompostura nos deputados dizendo que eles “estavam com as burras cheias de dinheiro” e que a diretoria era “muito grande ” e tinha que “atender os outros aliados” pois o orçamento era muito grande. A diretoria era capaz de atender todo mundo. Segundo a revista, os caciques do PP se conformaram quando Lula garantiu que a maior parte das comissões seria do partido.
Com a ordem de Lula para que os partidos se entendessem, Pedro Corrêa diz ter se reunido com membros graúdos do PMDB para tratar da partilha. Um dos primeiros a ser procurados “para buscar o melhor entendimento na arrecadação”, foi o senador Renan Calheiros acompanhado do deputado Anibal Gomes do Ceará. E fez o mesmo com o deputado Eduardo Cunha e com o senador Romero Juca, todos eles do PMDB.
De acordo com a revista, acertados os termos com os membros do PMDB, os negócios a partir de 2006 começaram a fluir. De acordo com a revista, o delator exemplifica a simbiose em uma reunião que contou com a participação dos diretores Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró, dos senadores Renan Calheiros, Romero Jucá, Jader Barbalho e Henrique Eduardo Alves, atual ministro do Turismo e do lobista Jorge Luz.
Segundo a revista, no encontro, os caciques do PMDB apresentaram uma fatura salgada para apoiar a permanência de Costa e Cerveró na Petrobras: 18 milhões de dólares em propina que deveria ser paga a tempo de financiar a campanha do ano – receberam 6 milhões de dólares.
De acordo com a revista, Pedro Corrêa disse que atual ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, ficava com parte de tudo o que era arrecadado pelo esquema do PMDB. Eduardo Cunha recebeu parte dos 6 milhões de dólares e o ex-ministro e atualmente senador Edison Lobão tinha participação nos contratos com as grandes empreiteiras.
E o atual secretário de governo, Geddel Vieira Lima, foi o responsável pela indicação do senador cassado Delcidio do Amaral, que era do PT, para uma diretoria da Petrobras no governo Fernando Henrique.
Delcidio, segundo o delator, cobrava propina junto às empresas que tinham negócios na diretoria e depois repassava uma parte para o PMDB e outra parte para o PP.
Conforme publicado pela Veja, Corrêa também acrescentou que o laboratório SEM pagava propina para os ex-ministros José Dirceu e Alexandre Padilha. E que vantagens também eram cobradas das empresas que se habilitavam a participar do programa Minha Casa Minha Vida, uma das marcas do governo Dilma. O senador Aécio Neves, presidente do PSDB, também teria negociado pagamentos para seu partido numa obra de Furnas.
A delação de Pedro Corrêa aguarda a homologação do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. Além desses citados, na colaboração de Pedro Corrêa, que a Veja publicou, aparecem os nomes de outros políticos – deputados, senadores, ministros, ex-ministros e pelo menos um governador.


OUTRAS FRAGMENTAÇÕES VIRTUAIS DA NOITADA DO ABRAÇO SOLIDÁRIO AO DEMOCRATA DINARTE DINIZ








































































































































































Mesmo sendo uma casa bastante espaçosa a residência de Dinarte Diniz ficou pequena para abrigar a quantidade de pessoas que vieram cumprimentar o pré candidato a prefeito de Carnaubais nesta noite de sexta feira. 
Todos os cômodos estavam literalmente superlotados, ficando muita gente na calçada e meio da rua por falta de espaço interno.
Agora o bloco politico de Dinarte Diniz vai agilizar o comitê da oposição genuína, que será batizado como  " Embarque no 25: A Locomotiva da Mudança". 
O comitê objetiva reunir  e agregar para discussão de ideias, pessoas que tenham o compromisso de sair da mesmice administrativa que Carnaubais vem vivenciando nos últimos 10 anos.